PALAVRA ÀS MULHERES
segunda-feira, outubro 21, 2019
Home > Jornal O Servo > PALAVRA ÀS MULHERES

GUARDAR O CORAÇÃO = CUIDAR DO CORAÇÃO

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida” (Pv. 4.23).

É no íntimo que tomamos decisões, por isso a importância do que lemos em Provérbios 4.20 e 21, “Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos. Não os deixe apartar-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração.”

As decisões que tomamos no íntimo são reveladas e demonstradas por nossas atitudes, como vemos em Lucas 6:44-45, Porquanto cada árvore é conhecida pelo seu próprio fruto. Porque não se colhem figos de espinheiros, nem dos abrolhos se vindimam uvas. O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o mau do mau tesouro tira o mal; porque a boca fala do que está cheio o coração”.

Na prática, guardar o coração envolve aquilo que falamos, vemos e o que fazemos. A nova vida depende dele. Assim como a nossa vida física depende de termos um coração saudável, nossa vida espiritual depende de nossos pensamentos, desejos e emoções.

Para guardar o nosso coração não precisamos nos isolar e tentar reprimir tudo o que sentimos, mas podemos, com a ajuda do Espírito Santo, filtrar o que acontece com o nosso coração e escolher as melhores atitudes de acordo com a Palavra de Deus.

Precisamos guardar nosso coração de influências internas e externas. Influências externas podem atacar o nosso coração e deixá-lo fraco e doente. Exemplos: mentiras, tentações, críticas e crueldades. Com as armas adequadas podemos resistir. Usamos a verdade, o domínio próprio, o amor, o perdão… Então, as feridas são saradas e conseguimos reagir da maneira correta.

Agora, as influências internas são terríveis! Esta será nossa maior guerra. Precisamos avaliar nossos desejos e pensamentos para saber se estão de acordo com a verdade e a vontade do nosso Deus, ou se precisamos de correção.

Mesmo sendo uma mulher cristã, meus pensamentos não são bons o tempo todo! Preciso aprender a me submeter e mudar de pensamento com frequência. “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” Romanos 12:2. Nosso coração ficará mais forte e protegido se nos enchermos com a Palavra de Deus e cultivarmos gratidão, bons desejos e bons pensamentos.

Irª.  Ana Paula Ramá – Nova Friburgo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *