A SALVAÇÃO SE PERDE?
sábado, janeiro 19, 2019
Home > Blog do Pr. Érico > A SALVAÇÃO SE PERDE?
Blog do Pr. Érico

A SALVAÇÃO SE PERDE?

QUANDO DEUS VOLTA ATRÁS…

      Há um assunto na Bíblia que constantemente ressoa na minha mente, que é a GRAÇA. E isso ocorre tanto mais quanto mais a mente “racionaliza”. É muito difícil uma pessoa pensar “livre” de seus paradigmas. Um evangélico tradicional, por exemplo, não consegue visualizar comunhão espiritual com um católico, ou vê-lo no Céu ao seu lado. Pelos nossos princípios fundamentalistas, eles não poderiam ter a salvação, que nós evangélicos tanto realçamos em nossas pregações e doutrinas. Por isso mesmo não se concebe um evangélico distanciado da doutrina da salvação. Em princípio todo evangélico é doutrinado para ter essa doutrina bem clarificada e lembrada em sua mente. Mas como uma ironia religiosa, tem freqüentemente ocorrido que evangélicos de nossos dias não sabem muito sobre essa doutrina , pois uma vez que a mensagem de salvação vai ficando “saturada” na sociedade, até mesmo os evangélicos vão buscando outras “novidades” teológicas. E isso é preocupante…

    O entendimento bíblico sobre a salvação pressupõe a compreensão da graça de Deus, o tão desejado dom, que vem nos trazer “favores não merecidos” da parte de Deus. Tão somente pelo crer (Ef.2:8,9). O profeta Ezequiel ilustra muito bem a diferença entre o ponto de vista de Deus e o nosso, sobre o merecimento humano (Ez.18:17). Dificilmente nós conseguimos nos desprender da idéia de que há “pessoas boas” e outros “perversos”. E até mesmo num esforço de antropomorfismo Deus usa para conosco os termos “justo” e “perverso”. Quando, por atos pecaminosos praticados o “perverso” receber uma sentença da parte de Deus (sempre de morte – Rm.6:23) e houver por parte dele uma “conversão”, Deus promete “voltar atrás”(Ez.18:14,15). O mesmo com relação a um “justo”, que se desvia (Ez.18:13). Deus afirma nesse caso que “voluntariamente” vai se “esquecer” de tudo que esse justo “já havia feito” . Nós questionamos então: “Isto é justo?”-e os nossos créditos de bondade acumulados?(v.17,20). Deus responde: “Quem julga sou Eu- vai ser assim” (Ez.18:20).

    O mesmo raciocínio de Deus se aplica no Novo Testamento, quando Jesus estabelece a necessidade de existirem frutos que caracterizem a graça, basicamente o perdão : Se nós não perdoarmos, também não seremos perdoados. Jesus estabelece como “preço” que temos que “pagar” pela graça que recebemos para a salvação exatamente o perdão “aos nossos devedores” (Mt.6:14,15). Este é o preço. O mais atordoante para nós evangélicos, entretanto, é a parábola do credor incompassivo (Mt.18:23-35). Nela Jesus mostra que DEUS VOLTA ATRÁS (v.34,35). A mesma mensagem Deus havia revelado ao profeta Ezequiel: Deus volta atrás… As condições são agora muito claras: 1) é para nós; 2) isso diz respeito ao perdão para salvação e 3) todos os crentes estão sujeitos a essa possibilidade. Pense numa pessoa que já está há 20 anos convertida e membro de igreja. Se após todo esse tempo ela não perdoar alguém que a ofende, Deus vai voltar atrás e cobrar TUDO que Ele já tinha perdoado a esse crente. Que pode ser você!

Ou será que não é isso que DEUS falou ao profeta Ezequiel e que JESUS falou para nós?

     Não será mais “seguro” para nós o nos apegarmos à doutrina: “UMA VEZ SALVO, PARA SEMPRE SALVO”?, ao invés de ficarmos pensando que Deus pode voltar atrás em tudo que Ele já nos perdoou?

      A diferença nessa escolha se manifesta claramente em nossa atitude do dia-a-dia: ou soberba moralista ou humildade perdoadora?

Será possível então discernirmos uma pessoa salva?

Pr. Érico Rodolpho Bussinger

4 thoughts on “A SALVAÇÃO SE PERDE?

  1. Lucilene

    A paz de Cristo.
    Sempre acompanho o blog do Pr. Érico, e todas as palavras são esclarecedoras.
    Essa sobre perda de salvação nos tira muitas dúvidas. Vou reter e também transmitir nos meus discipulados.
    Deus continue abençoando a todos.

  2. Daniel Cunha

    Textos fora de contextos usado pra escravizar pessoas.

    Se a salvação está ligada ao que fazemos todos nós vamos para o inferno. NINGUÉM É JUSTO pra merecer o céu. Não consigo imaginar Deus com um lápis escrevendo e apagando nosso nome no livro da vida. NÃO EXISTE “PAGAR PREÇO PRA SER SALVO”. Se você tem que fazer algo pra merecer a salvação, qual o sentido da cruz? Deus escolhe pessoas para serem salvas e outras não.

    • Equipe Ramá

      Olá Daniel
      Paz seja contigo.

      Agradecemos sua participação e visualização em nosso site, mas acredito que você precisa fazer uma nova leitura do artigo pois o artigo não está sendo referente a ser salvo pelo que fazemos, mas sim sobre atitudes que devemos ter por causa da salvação que ganhamos pela fé (e isso fica bem claro logo no início do texto), neste caso, o perdão. Pode conferir neste trecho: Jesus estabelece como “preço” que temos que “pagar” pela graça que recebemos para a salvação exatamente o perdão “aos nossos devedores” (Mt.6:14,15). Este é o preço..

      Deus abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *