TESTEMUNHO MARCOS BACKMAM
terça-feira, dezembro 11, 2018
Home > Irmãos > TESTEMUNHO MARCOS BACKMAM
IrmãosJornal O ServoJovens

TESTEMUNHO MARCOS BACKMAM

    Como falar de como cheguei até aqui? Quando criança, recebi o convite de uma vizinha e fui visitar a igreja em que ela congregava. Desde o primeiro dia eu achei legal, e como era criança e lá tinha crianças, logo quis ficar sempre indo aos cultos e fazer parte daquela igreja. Então, assim fiz, “tomei a decisão pelo Senhor”, lá estava uma criança de mais ou menos 8 anos que acabou de fazer a decisão mais importante da sua vida; somente com intuito de ter amigos para brincar. Mas, eu não sabia, nem mesmo imaginava que a partir daquele momento eu já estava sendo amado e tendo o cuidado de um Pai. Um sentimento que eu não conhecia, pelo fato de não ter meu pai presente em minha família. Não imaginava que o Pai que eu acabara de ganhar, me ensinaria a receber amor, sentimento desconhecido para mim. O tempo passou, e sendo o único cristão em casa, fui vencido pelas dificuldades, e larguei a fé. Entretanto, eu já tinha feito uma aliança com Deus. Depois de alguns anos, recebi um convite, que por “coincidência” era da irmã da minha vizinha, quando na minha infância, congregávamos na mesma igreja. O convite foi para participar de uma célula. No começo eu recusei, pelo fato de não saber o que era uma célula, pensando que poderia ser alguma seita demoníaca. Mas Deus com Sua excelente Graça, me levou a pensar, refletir e resolvi ir na tal célula. Lá a Marcileia e o Flávio (que hoje são meus líderes), contaram que o Senhor os havia dado um sonho no qual estava alguns jovens  e dentre eles, eu estava. Na hora, o Senhor falou comigo, que ainda tinha muito a me ensinar, que o amor de um Pai ultrapassa o tempo e a distância, também disse que de mim, Ele sentia saudades. Neste momento, começamos a cantar o louvor: Eu escolho Deus, e no decorrer da canção Deus só foi confirmando que era aquele o dia da reconciliação. Foi feito o apelo, e de um modo automático eu me levantei e entreguei minha vida, novamente ao Senhorio de Cristo. Desde outubro de 2014, tenho estado na presença do meu Paizinho. E recomendo a todos os que estão afastados do Senhor a se reconciliarem com o Ele, o mais rápido possível, porque Ele os ama.


Irº. Marcos Backmam
Ramá – Sta. Cruz da Serra

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *