COMUNIDADE RAMÁ – COMO TUDO COMEÇOU?

  Quando o Pr. Érico foi enviado para o nordeste do Brasil, morando no Ceará, o curso do Seminário foi interrompido. Quando regressou em 1987 a direção de Deus para o pastor foi começar uma comunidade nos moldes do Novo Testamento. Começou então a COMUNIDADE RAMÁ. Sua proposta foi desde o início funcionar como uma parte do corpo de Cristo, sempre buscando preservar a unidade da Igreja no Espírito de Deus. Internamente funcionaria como um corpo, em que cada membro deveria estar submisso a alguém como autoridade espiritual na sua vida. As reuniões deveriam ser as mais espirituais e destituídas de formalidades. A visão seria sempre o espalhamento, cumprindo a ordem do IDE do Mestre  e não o ajuntamento em reuniões de massa. O comprometimento com a obra missionária deveria ser constante. A divulgação da mensagem do Evangelho seria uma ordem. E cada membro deveria viver uma vida simples e santa. Assim deveria ser. E nessa visão tem caminhado desde então.

  Atualmente a COMUNIDADE RAMÁ funciona em núcleos e células. Uma célula é uma pequena parte do corpo que tem vida. Um núcleo é funcionamento de 2 ou mais células. Sobre cada núcleo há um pastor, em geral com bom preparo teológico. E todos os núcleos são convocados periodicamente para a participação conjunta na Ceia do Senhor, que acontece durante um domingo inteiro, trazendo edificação para todos. E pelo menos 2 vezes no ano há Retiros Espirituais, para maior crescimento na vida espiritual e nos dons do Espírito Santo.

 Hoje a Comunidade Ramá conta com núcleos espalhados pelo estado do Rio (Duque de Caxias, Friburgo, Petrópolis, Paty do Alferes, Rio de Janeiro) e também com núcleos e células em outros estados, como é o caso dos núcleos de Rio Grande do Sul (Rio Grande, Alvorada e Pelotas) e a célula em Florianópolis, SC.

ELISABETE MARIA FOSTER: MULHERES DEDICADAS AO SERVIÇO DO SENHOR

ASSISTA NOSSA PROGRAMAÇÃO AO VIVO (desabilite o player no topo do site)

NOTÍCIAS BBC BRASIL